QUEM SOU EU

 

Sou uma pessoa apaixonada pelas ultramaratonas.

No final de 2002, eu era mais um chefe de família carioca sedentario. Já passando dos 96 Kg, mal conseguia subir o ônibus, olhava-me no espelho e não me reconhecia, sentia-me o retrato da decadência. Conclui que a vida que eu levava não era a que merecia viver; decidi mudar. Abandonei a comida de má qualidade e comecei a correr.

Com uma passada a cada dia, fui tomando gosto pelo exercício diário e despretensiosamente inscrevi-me numa corrida de rua. Com esforço, consegui completar os 10 Km do trajeto. Tendo definitivamente sepultado os dias de obesidade. O Rio de Janeiro tornou-se pequeno para o meu ritmo. Aventurei-me em provas pelo Brasil, sempre voltando para casa com um troféu na bagagem. Em algumas das competições, arrisquei minha vida, como em 2008, na Jungle Marathon, onde no meio da floresta amazônica me deparei com escorpiões, jacarés e até uma onça pintada, sem falar no meu maior desafio, a Arrowhead, esta, nos Estados Unidos, onde na primeira vez em que participei, ainda com equipamento inadequado, quase tive os pés amputados e fui forçado a desistir. Fato que só fez aumentar minha obstinação para um ano depois voltar e finalmente vencer este desafio.